Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A rapariga do autocarro

10
Mai18

Uma singela amostra da vida dum bófia

Alguns dos mandamentos que regem a vida daqueles que  abraçaram para a vida , a profissão de Polícias :

 

01º... Não terás vida social, familiar ou sentimental.

02º... Não verás o dia a dia dos teus filhos.

03º... Não terás feriados, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga.

04º... Terás gastrite, se tiveres sorte, se for como os demais terás úlcera, às vezes um ou mais enfartes!

05º... As tuas refeições principais serão os lanches.

06º... Teus cabelos, ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos.

07º... Tua sanidade mental será posta em cheque antes que completes 5 anos de trabalho.

08º... Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás.

09º... Assunto de policia será o teu preferido, talvez o único.

10º... As pessoas serão divididas em 2 tipos: as que entendem de policia e as que não entendem e verás graça nisso.

11º...O café será teu melhor colega de trabalho, porém, a cafeína não te fará mais efeito.

12º... O dia de serviço será uma excelente oportunidade de ter algum tipo de contato com outras pessoas loucas como você.

13º... Terás sonhos, com escalas, formatura e serviço extra e só resolverás os problemas dos outros.

14º... Exibirás olheiras como troféu de guerra.

15º... E, o pior... Inexplicavelmente gostará de tudo isso!!

16º... Não poderás adoecer.

17º... A cada serviço tudo recomeça do zero !

18º... Finalmente serás um herói para a tua familia!

Parabéns a todos os profissionais das Forças de Segurança, eles são muito mais que simples policias...
são verdadeiros heróis, mesmo "sem capa e sem espada"!

 

A mim vale-me o Yoga para me abstrair de vez em quando desta loucura.

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    A rapariga do autocarro 11.05.2018 08:56

    Ui, ui, sobre o tráfico de droga muito havia para contar, trabalhei 17anos a combatê-lo no Casal Ventoso e nunca fui conivente com tal, 15 dos quais responsável por escutas telefónicas...
    Acho que chegava uma semana a fazer o serviço dum Polícia para muita gente mudar de opinião, e um mau polícia não faz toda a corporação!
    Obrigada pela passagem pelo Autocarro.
  • Imagem de perfil

    Fernando Negro 11.05.2018 11:35

    Para que fique claro,

    Eu não estou (necessariamente) a dizer que os polícias que andam pelas ruas são *conscientemente* coniventes com este tipo de tráfico...

    Pelo contrário, acredito mesmo que a grande maioria destes não faz sequer ideia de qual é o seu real papel no meio disto tudo - apesar de saber eu de quem faça parte de quadros intermédio-altos, neste país, que se gabe de estar feito com os traficantes: http://blackfernando.blogs.sapo.pt/fernando-negro-spam-52377

    Os polícias, tal como os militares, fazem apenas o que lhes é dito para fazerem. Isto é, seguem apenas as ordens que vêm do topo da hierarquia. E, sendo sabido que o topo da hierarquia está conscientemente feito com os traficantes (para além do que é denunciado no livro que foi publicado em Portugal, para a descrição do qual deixei a minha segunda hiperligação no comentário anterior, há por exemplo a admissão recente de um familiar de um dos principais produtores a denunciar isto mesmo: http://blackfernando.blogs.sapo.pt/pablo-escobar-era-um-agente-da-cia-98292) obviamente que a suposta "guerra" que é feita a este fenómeno é uma coisa mínima, constituída por meras operações de cosmética (onde, por vezes, se apanha alguma arraia miúda) para convencer o comum cidadão de que querem os nossos governantes acabar com o tráfico de droga.

    E, o que é verdade é que, por mais "guerra" que haja, nunca falta droga para os dependentes. E, se qualquer pessoa com os seus neurónios queimados pelo vício consegue encontrar a droga, as várias polícias e serviços secretos (ou quem dá ordens aos mesmos) só não fazem o mesmo se não o quiserem realmente fazer (ou tratarem de que não tenham os seus efectivos ou subordinados meios para tal).

    Raios, o facto de já terem os nossos governantes começado a legalizar algumas drogas é, logo por si, indicativo de qual é a sua real vontade relativamente a este fenómeno. E, se quiser você saber como primeiramente descobri eu isto tudo, informe-se por exemplo sobre porque razão foi o detective da secção de narcóticos da Polícia de Los Angeles, Michael C. Ruppert, corrido da sua unidade (https://www.youtube.com/watch?v=UT5MY3C86bk).

    Quanto aos "maus polícias",

    Não são apenas "um". São vários e muitos...

    A maior parte das interacções que eu e outras pessoas que me são próximas já tivemos com polícias foram negativas (incluindo estas pedidos de ajuda ignorados, feitos por quem até num dos casos estava a sangrar por ter resistido a um assalto, ou espancamentos na esquadra "por engano" de identificação). E, se muitos destes casos não chegam ao conhecimento de polícias honestos é porque, para além de não quererem certamente os corruptos andar a contar tais coisas que fizeram, a reacção destes últimos é muitas vezes ameaçar as vítimas para não contarem o sucedido. Sendo isto coisas que eu próprio testemunhei, ou que me foram contadas por quem foi testemunha ou vítima das mesmas.
  • Imagem de perfil

    A rapariga do autocarro 11.05.2018 12:02

    Uma coisa é certa a própria corporação/estado, protege os polícias corruptos e prevaricadores e pune sem dó nem piedade agentes a quem o ministério Público ilibou, mas já me agastei demasiado com a corporação a que pertenço. Cheguei à fase em que já vi como tudo sempre acaba!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.