Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A rapariga do autocarro

10
Jan20

É que já não aguento

No máximo vejo uma  hora de televisão por dia mas…

 já não aguento tanto azeite

É adoração ao deus menino em todo o lado a toda a hora, é o arroz não sei do quê, é a cataplana não sei de quem, é a princesa diana, a líder de audiência, a presidente da república… cruzes, um pouquinho  de por favor como diria o outro.

Será que ninguém se cansa, sempre me meteu confusão esta idolatria a figuras da televisão, somos um povo tão bacoco.

Sempre detestei telejornais que fizessem notícia de programas de m*, tudo começou com a abertura do jornal da TVI com o pontapé do marco à Sónia no BB, a partir daí foi sempre a descer...

Aos adoradores...

06
Jan20

Sacrifica-se a saúde pelo sentido prático ou pela beleza?

Durante muito tempo ia vendo mulheres africanas  carecas  e outras com perucas, mas que nada apontava para serem sintomas de quem faz quimioterapia e questionava-me o que levaria a ficarem assim sem cabelo.

E pronto agora desfez-se o mistério. São os sintomas do uso prolongado de tranças que vão eliminando as raízes do cabelo. Quando o cabelo é entrançado, todas as raízes ficam condicionadas no crescimento, o cabelo não cresce todo à mesma velocidade, e o mais veloz acaba por arrancar o que cresce de forma mais lenta, com o passar dos tempos há cabelo que nunca mais cresce. A tudo isto muitas vezes são acrescentados os postiços que aumentam o peso das tranças e puxando ainda mais o cabelo, destruindo definitivamente as raízes. Por isso quando vejo miúdas/miúdos com as tranças  (bem giras por sinal) será que estão conscientes que se fizerem um uso continuado por volta dos 50 anos estarão sem cabelo?

Um mistério que se resolveu em 2019

02
Jan20

Eu e as plantas!

as.png

Sou uma apaixonada pela fauna e flora a bem dizer! 

Por onde passo e vejo flores, tiro logo uma foto, tenho sempre o telemóvel cheio de fotografias de flores e bixarada!

Em casa,  tenho algumas plantas, e este final de ano esteve mais colorida com flores que me trouxeram dos jardins lá da terra! Jarros, que amo, as esterlícias sempre magníficas e o azevinho  tão bonito e evocativo  desta época festiva.

Agora estou apaixonada por plantas aéreas (Tillandsia), plantas que não precisam de vaso, apenas de um suporte para viverem. Borrifamos e pronto, estão aí para as curvas! Que jeito dava nestas quadras dadas à engordice se agente também se aguentasse só com umas borrifadelas.

Arrajei uma variedade que não dá flores, ( acho que é pohliana) mas agora ando em busca de novas variedades. Vocês conhecem esta variedade extrordinária de plantas?

0612a473e54603207a309ac3e0fd076a.jpg

(imagens do pinterest) por acaso reparei que ainda não tirei nenhuma foto à minha Tillandsia

33ad495e2ec77f4eae998ffc99c830d5.jpg

Olhem que lindas que ficam nestes suportes?

Agora a ler

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D