Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A rapariga do autocarro

15
Fev14

Tou farta do frio!

Quanto a vocês não sei, mas eu estou cansada de tanto Inverno.

 

Já não aguento mais o frio, a chuva, o vento e a pinga a escorrer no nariz.

 

Nunca um Inverno me custou tanto a passar como este. Só consigo sair de casa de galochas e com casacos até aos pés... E, no entanto, chego ao trabalho a parecer que tomei duche vestida!

O frio obriga-me a andar sempre a tremer, faz-me doer cada osso do meu pobre esqueleto, e depois, como se isso já não bastasse, a chuva vem tocada a vento e não há guarda-chuva que resista, é uma luta que simplesmente não conseguimos vencer!

 

De casa até ao trabalho hoje devo ter visto seguramente mais de 20 chapéus partidos e esventrados pelo vento. Se há alguém que deve estar a galopar de felicidade com este tempo, devem ser os chineses, que nunca na vida pensaram em vender tantos guarda-chuvas como este ano. Até o meu, que eu me orgulhava de nunca me ter deixado mal – há anos que me acompanhava – , ontem, coitado, não resistiu a ferimentos contraídos noutra batalha e definhou por completo.

 

São Pedro, já chega! A sério! Nós acreditamos no teu infinito poder, não precisas insistir mais!

1 comentário

Comentar post